Excelentíssimo Senhor
Embaixador Pedro Borio
Assessoria Especial de Assuntos Federativos e Parlamentares
Ministério das Relações Exteriores

Prezado Dr. Borio.

Retorno a presença de Vossa Excelência para, em caráter de máxima urgência, solicitar informações sobre quais as providências que estão sendo adotadas pelo Itamaraty, a respeito dos Templos Evangélicos incendiados e destruídos em Niamey/Níger, localizado no continente Africano, durante violentos protestos.

Em mensagens enviadas ao meu gabinete, verifico que muitos brasileiros, nossos irmãos evangélicos, encontram-se em perigo, alguns feridos necessitando do urgente apoio do Governo Brasileiro e ainda não sabemos ao certo, de onde surgiram as ações terroristas. Se do Grupo Boko Haran ou muçulmanos radicais. Pergunto também, se o Itamaraty já tem esta informação.

Listagem dos Templos atacadaos:

- Duas Igrejas Presbiterianas Brasileiras, administradas pela Igreja Presbiteriana Viva, de Volta Redonda/RJ;

- Uma Escola, onde trabalham vários brasileiros;

- A Missão Casa do Guerreiro de Deus;

- Conforme é do conhecimento do Itamaraty, a comunidade brasileira no Níger e composta somente de irmãos  evangélicos missionários e seus parentes.

Indago ainda, por último, se seria seguro retirar estes nossos irmãos do Níger pela fronteira com Burkina Faso, próxima à Niamey, pelo fato de que lá também está atuando violentamente o grupo Boko Haram.

Conto com a atenção especial de Vossa Excelência para esta mensagem e aguardo sua resposta no mais breve possível. Estou de plantão 24h, recebendo pedidos de familiares e amigos.

Atenciosamente,

Pr. Marco Feliciano – Deputado Federal – PSC/SP
Comissão de Direitos Humanos e Minorias
Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania
Frente Parlamentar Evangélica

  • ataque-terrotrisa